20 de jul de 2018

E AGORA ANDRÉ? PÁRA OU CONTINUA???



ANDRÉ PUCCINELLI, ex-governador de MS, presidente regional do MDB e pré-candidato ao governo estadual, foi preso novamente pela Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (20/07), juntamente com seu filho, André  Junior e o advogado João Paulo Calves. Eles já haviam sido detidos há 8 meses na Operação Papiros de Lama.
O advogado Renê Siufi, que defende a família Puccinelli não deu detalhes do motivo que levou à prisão o ex-governador. Durante a gestão PUCCINELLI à frente de MS, entre os anos de 2007 a 2014, na época, a PF detalhou que o grupo direcionava licitações, superfaturava obras públicas, adquiria produtos fictícios, financiava atividades privadas de estatais sem relação com atividade-fim do órgão, cobrou propina para conceder incentivos fiscais e ainda corrompeu agentes públicos. A Papiros de Lama apurou prática dos crimes de sonegação fiscal, ocultação de bens, enriquecimento ilícito. Segundo as investigações, os prejuízos causados com fraudes e propinas pagas passam dos R$ 235 milhões e os valores repassados a título de propina eram mascarados com diversos tipos de operações simuladas.

10 de jul de 2018

A SOMBRA QUE APAVORA NEYMAR...



Aquilo que NEYMAR mais temia, acaba de acontecer: FRANÇA 1 X 0 BÉLGICA. A França está na final do Mundial. Para piorar, reportagem desta semana do diário espanhol EL PAÍS dizia que o calvário de NEYMAR segue até o final da Copa da Rússia. O jornalista Diego Torres escreve que o sucesso do francês KYLIAN MBAPPÉ, forte candidato a craque do Mundial, incomoda NEYMAR pois os dois são desafetos no Paris Saint Germain, num ataque que conta ainda com CAVANI, outro jogador que não se dá bem com NEYMAR...

22 de mai de 2018

PM/MS: GAECO SEPARA O JOIO DO TRIGO...



O CORREIO DO ESTADO divulgou a relação dos 21 policiais presos na última quarta-feira (16/05), em todo Mato Grosso do Sul, durante a OPERAÇÃO OIKETIKUS, do GAECO, com apoio da Corregedoria da PM. Segundo este diário campo-grandense, os detidos estavam ‘se promovendo’ dentro da Polícia Militar, sendo que alguns até subiam de patente com status de "ato de bravura". São 8 sargentos, 5 cabos, 4 soldados, 2 tenentes-coroneis, 1 subtenente e 1 major. A organização atuava no contrabando tanto de cigarros como de outros produtos, como pneus. A milícia não só cobrava propina dos contrabandistas para facilitar o trânsito em rodovias estaduais e na distribuição em municípios, como também tentavam dificultar a atuação de outras forças de segurança na investigação desse tipo de crime, agindo nas rotas que tinham ligação com a Bolívia e o Paraguai.

CORUMBAENSE: FUTEBOL DE MS NADA, NADA, E...



O CORUMBAENSE foi ao Mato Grosso para buscar pontos e se manter vivo na Série D, Grupo A11, da 4ª Divisão do BRASILEIRÃO. Voltou desiludido e virtualmente eliminado. Na Arena Pantanal o placar foi CORUMBAENSE 1 X 1 DOM BOSCO-MT. O estádio estava praticamente vazio e a renda maior foi a do pipoqueiro que vendeu muitos saquinhos de pipoca por causa do frio: 30 torcedores nas arquibancadas. Gols no segundo tempo. AGNALDO fez 1 X 0 para o Corumbaense. MINGAU (rsrsrs) empatou, fazendo o único gol do DOM BOSCO na Série D até agora e também seu primeiro ponto em 5 jogos.
Pelo mesmo grupo aconteceu o jogo IPORÁ-GO 2 X 2 BRASILIENSE-DF. O IPORÁ de Goiás já está classificado com 13 pontos. O BRASILIENSE do DF vem em segundo com 8, depende de uma vitória simples na última rodada para ficar com a outra vaga. Para quem acredita em milagre, o CORUMBAENSE para se classificar tem que golear o IPORÁ, torcer para o BRASILIENSE perder para o DOM BOSCO, tirar 9 gols de seu saldo negativo, fazer 8 pontos e terminar entre os 15 melhores segundos colocados. Isso nunca aconteceu antes. 

Parece que nem a presença de ZANLUTTI como vice na FFMS ajudou o futebol de Corumbá, MS... cada dia mais longe de uma divisão decente... 


15 de mai de 2018

A MISS QUE MATO GROSSO (DO SUL) NUNCA ESQUECEU ?

[MANCHETE/Sonho De Rondon-fantasia ]

         No tempo das andorinhas, nos anos dourados, aconteceu no Maracanãzinho, em 03/07/1965, a noite da eleição da MISS BRASIL 1965. Sua conhecida passarela em forma de ferradura fora substituída por outra com o símbolo do quarto centenário da cidade do Rio de Janeiro. Vinte e cinco lindas candidatas desfilaram na passarela em busca do sonho mágico de ser eleita a MAIS BELA DO BRASIL em 1965. A preferida do público era nossa morena chamada MARILENA DE OLIVEIRA LIMA, Miss Mato Grosso. O resultado que apontou as quatro primeiras finalistas do Miss Brasil 1965 decepcionou os presentes. Tivemos pela ordem Maria Raquel Helena de Andrade, Miss Guanabara, 1º lugar; Sandra Penno Rosa, Miss São Paulo, 2º lugar; Berenice Lunardi, Miss Minas Gerais, 3º lugar; e Marilena de Oliveira Lima, Miss Mato Groso, 4º lugar...